segunda-feira, 19 de outubro de 2009

22 DE NOVEMBRO DIA DA MÚSICA E DO MÚSICO


Dia da música 

O Dia da Música é comemorado no dia, 22. Por isso a entendo a importância das melodias em nossas vidas. Quem não tem uma música predileta ou uma música que marcou aquele momento especial? Então para a criança também ela tem o mesmo sentido, quem não se lembra daquela canção de ninar embalada pelos nossos entes queridos?

MAS VOCÊ SABE A ORIGEM DA PALAVRA MÚSICA?

A origem da palavra 'música' vem do grego mousikê, que significa "arte das musas". Música pode ser definida como "arte e ciência de combinar harmoniosamente os sons".
Não se é possível definir exatamente quando a música surgiu.
Ao longo da história inúmeros gêneros e estilos musicais foram produzidos. Da época medieval, passando pela renascentista, barroca, clássica e romântica, Na fase moderna, Jazz, Samba, Chorinho, Blues, Bossa Nova, Rock, Pop, Tropicália, Soul Music, Reggae e MPB foram movimentos que marcaram época e se tornaram inesquecíveis.
A música influencia comportamentos, épocas e atitudes. Ela estimula, acalma, alegra, entristece cura... Possui uma profunda ligação com nossos sentimentos.
O ser humano tem contato desde muito cedo com a música. As mães ninam seus bebês, as crianças aprendem cantigas de roda, os jovens não desgrudam do MP3 e os adultos ouvem a rádio no carro ou adquirem o costume de cantarolar no banheiro.
Não há como pensar em um mundo sem música. Pois, a própria natureza através do barulho da cachoeira, pássaros, vento e outros elementos fariam o papel de compositora e, assim, um homem de alguma forma seria estimulado a assoviar, compor, cantar...








DIA DO MÚSICO


Músico é aquele que pratica a arte da música, compondo obras musicais, cantando ou tocando algum instrumento. Música, por sua vez, é a arte de combinar sons de maneira agradável ao ouvido, ou o modo de executar uma peça musical por meio de instrumento ou da voz. A palavra é de origem grega e significa “as forças das musas”, ninfas que ensinavam às pessoas as verdades dos deuses, semideuses e heróis, usando a poesia, a dança, o canto lírico, o canto coral e outras manifestações artísticas, sempre acompanhadas por sons.
No princípio, a música foi apenas ritmo marcado por primitivos instrumentos de percussão, pois como os povos da antiguidade ignoravam os princípios da harmonia, só aos poucos foram acrescentando a ela fragmentos melódicos. Na pré-história o homem descobriu os sons do ambiente que o cercava e aprendeu suas diferentes sonoridades: o rumor das ondas quebrando na praia, o ruído da tempestade se aproximando, a melodia do canto animais, e também se encantou com o seu próprio canto, percebendo assim o instrumento musical que é a voz. Mas a música pré-histórica não é considerada como arte, e sim uma expansão impulsiva e instintiva do movimento sonoro, apenas um veículo expressivo de comunicação, sempre ligada às palavras, aos ritos e à dança. Os primeiros dados documentados sobre composições musicais referem-se a dois hinos gregos dedicados ao deus Apolo, gravados trezentos anos antes de Cristo nas paredes da Casa do Tesouro de Delfos, além de alguns trechos musicais também gregos, gravados em mármore, e mais outros tantos egípcios, anotados em papiros. Nessa época, a música dos gregos baseava-se em leis da acústica e já possuía um sistema de notações e regras de estética.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário